Categorias
Notícias Sexo Sexo online

Pimenta.Club aceito no theporndude.com

Faz tempo que o Pimenta.Club está em contato com Geoffrey Celen, personagem responsável pelos conteúdos do Theporndude.com, um dos diretórios de sexo mais tradicionais do planeta.

Nossa intenção era aparecer na lista dos melhores sites de acompanhantes no Brasil.
A equipe do Pimenta foi atrás e após mostrar nossas anunciantes e nosso trabalho no blog, Geoffrey decidiu analisar nosso site.

Veja a seguir a sua avaliação do nosso site.

Acerca do Pimenta.Club

O Pimenta.Club é um site brasileiro que oferece serviços de encontros online para acompanhantes profissionais do sexo. No site você encontra anunciantes para sexo ou para ser sua companhia em festas, jantares e outras ocasiões especiais. É importante ter em conta que o site não é uma agência, pelo que não se envolve no processo de mediação.

Já te passou pela cabeça passar alguns momentos eróticos com alguma garota de programa?

O Pimenta.Club tem um blog onde publica frequentemente notícias e fofocas da classe de profissionais do sexo no Brasil: https://blog.pimenta.club. O Pimenta.Club também está envolto ativamente na luta pelos direitos das profissionais do sexo, apoiando iniciativas de associações não governamentais e políticas para o reconhecimento dos direitos da classe das trabalhadores sexuais.

Navegação e design

Embora eu não apelidasse o design deste site como bonito, vou arriscar dizer que é um site moderno. Às imagens d@s modelos, são apelativas, naturais e sensuais. O site carrega-se rápido e todas as imagens são em pequeno formato, o certo para visualização no celular.

Na barra do menu superior a esquerda, tens uma secção para ajudar-te a localizar as acompanhantes na tua cidade. O site segmenta por mais de 100 cidades no Brasil em varias categorias: acompanhantes mulheres, acompanhantes homens, acompanhantes transex/travestis, sexo gay, encontros casuais e outros.

O que eu gosto neste site

O site é gratuito e há mais de 7500 acompanhantes neste site, e a maioria são muito bonitas e atraentes. Todas estas bonecas são profissionais do sexo e fornecem informações de contato nas suas páginas de perfil, assim como descrições curtas (as anunciantes premium também podem desfrutar um área privada para se comunicar com os clientes).

As funcionalidades de pesquisa disponíveis são simplesmente surpreendentes, e não sucede o mesmo que em alguns outros sites onde te sentes que estás dentro de um labirinto; tudo está bem estabelecido (explicado e esclarecido).

O carregamento é rápido.

Recomendações para este site

O site devia incluir todas as informações básicas sobre as acompanhantes, e também uma secção para os utilizadores deixarem críticas, para ganhar a confiança de clientes potenciais.

Conclusão

Se procuras uma acompanhante em solo brasileiro, então não podes deixar de visitar o Pimenta.Club, que facilitará a tua vida, tornando tudo mais simples!

Categorias
Notícias Sexo Sexo online

Garota de programa, usa fotos de Mc Mirella num site de acompanhantes da Itália

A funkeira Mc Mirella, confinada no programa da TV Record A Fazenda 12, deu o que falar este semana por ter sido “hackeada” em um site de garotas de programa em Milão, na Itália

Mc Mirella, como um dos maiores destaques de A Fazenda 12

Segundo a jornalista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, uma amiga que vive na Europa ficou perplexa ao ver as fotos da cantora oferecendo seus serviços num site de acompanhantes na Itália, sabendo que ela está confinada no reality show da Record há mais de um mês.

Foto Mc Mirella no Twitter

Na verdade, uma garota de programa brasileira de 25 anos, afincada em Milan, utiliza as fotos de Mc Mirella e oferece serviços sexuais para pessoas do sexo masculino e feminino. Sendo assim, aproveitando que a famosa está dentro de A Fazenda 12, ela faz sucesso em Milan, sendo uma das mais buscadas pelos clientes na hora de brincadeiras adultas.

A garota “substituta”, se deu bem e contrato o plano Top Premium do aplicativo

Aparentemente, ninguém ainda reclamou sobre o “golpe” dado pela garota de programa, já que, mesmo se passando por Mc Mirella para conseguir cativar os clientes, ela não foi banida do sistema de registrados, e ainda foi aceita no plano Top Premium.

A falta de denuncias, pode ser um dos motivos para a garota continuar on-line, mesmo com a dificuldade para confundir as tatuagens no corpo da Mc Mirella.

No que respeita ao sua andadura na televisão, Mc Mirella continua fazendo sucesso. Na última semana o público que acompanha A Fazenda se revoltou com os comentários machistas dos participantes sobre MC Mirella. No Twitter, levantaram a tag “Mirella Merece Respeito” após declaração de Lipe Ribeiro dizendo que a funkeira dá em cima dele.

Categorias
Notícias Sexo Sexo online

Nikole Mitchell, conheça a pastora que virou Sex Worker

A pastora que virou Sex Worker

Iria receber milhares de dólares para fazer um programa, e para mim tudo bem, mas então o Covid bateu e o programa foi cancelado.

Tendo crescido em uma família batista estrita, esperava-se que Nikole Mitchell fosse quieta, reservada e doce. Mas seus sonhos não eram tão conservadores. Desde muito jovem, ela fantasiava ser uma stripper”, e agora trabalha como modelo erótica no OnlyFans,

“Fui doutrinada a acreditar que meus desejos e meu corpo eram pecaminosos e maus por natureza.” falou numa entrevista no NY Times. Então, em vez de perseguir seu sono de ser estripper, a mãe de três filhos apostou tudo na religião  e se tornou uma pastora. Mesmo assim, ela sempre foi rebelde aos olhos de sua família.

“Aprendi que as mulheres não podem liderar e que as mulheres devem estar na cozinha e com as crianças”, disse Mitchell, “Portanto, embora isso fosse contra tudo o que me disseram, decidi me tornar [pastor] por causa do meu desejo exibicionista.”

Em 2011, Mitchell, junto com seu agora ex-marido, juntou-se à Woodland Hills Church – uma megaigreja evangelista em St. Paul, Minnesota – que abriu seus olhos para a possibilidade de igualdade de gênero dentro da fé.

Todos os domingos, Mitchell era a primeira da fila a fazer uma pergunta ao pastor após o sermão e em pouco tempo ofereceram um posto de pastor. “Estar no palco na frente de milhares de pessoas – era isso que eu sonhava há anos.”

Ansiosa por subir na hierarquia, Mitchell – que também criava três filhos agora com 10, 7 e 4 anos – conseguiu uma vaga como pastor semanal em 2016.

Mas a verdadeira identidade de Mitchell começou a se revelar quando ela assistiu a uma apresentação de teatro voltada para LGBT no final de 2016.

“Eu estava tipo, ‘Oh meu Deus, eu acho que não sou hétero‘ e isso abalou meu mundo”, disse Mitchell, que agora se identifica como bissexual e pansexual. “Eu sabia que se revelasse minha estranheza, perderia tudo porque a igreja não acolhe pessoas LGBTI+.”

De repente, ela se sentiu como se estivesse vivendo “uma vida muito dúplice” e lutou para manter sua sexualidade em segredo. Então, depois de dar seu primeiro sermão de fim de semana de grande público de 4 de julho de 2017, Mitchell deixou a igreja para sempre.

“Eu simplesmente nunca apareci de novo,” ela disse.

Diante da reconstrução de sua vida, ela se perguntou o que viria a seguir. Alguns meses depois, Mitchell saiu publicamente em um vídeo confessional no YouTube postado em suas plataformas de mídia social.

“Comecei a seguir a esposa do meu coach [no Instagram] que estava fazendo modelagem de lingerie”, disse Mitchell. “Eu fui meio desencadeada por isso. . . mas também fui magneticamente atraída. ”

Mitchell sabia que ela queria se aprofundar em seus próprios desejos sexuais e se inscreveu em uma aula chamada “Sexpress You”.

Em seguida, ela se juntou a um fotógrafo para fazer sua primeira sessão de fotos nuas.


Chorei porque nunca me senti mais santa e sagrada em minha vida”, ela relembrou sobre a filmagem. “Nunca me senti mais sexy e livre do que antes.”

Emocionada com sua nova vocação como stripper e modelo erótica, Mitchell lançou uma conta no OnlyFans onde posta seus trabalhos.

Mitchell se mudou para Los Angeles em agosto de 2019 e se divorciou do marido em junho, mas hoje, Mitchell está mais feliz do que nunca.

“Cada pessoa tem o direito de se expressar da maneira que for melhor para ela e é assim que isso é bom para mim”, disse ela.

E embora seus dias de pregação possam ter ficado para trás, despir-se, para Mitchell , é igualmente sagrado.

“Minha sexualidade é incrivelmente curativa e sagrada”, disse ela. “E quando eu dou este presente às pessoas, isso as abençoa.”

“Eu comecei muito devagar postando apenas fotos de topless, mas agora estou no ponto em que levo pedidos pessoais e faço vídeos sob medida para os desejos específicos das pessoas”, disse Mitchell, que também trabalha como coach de vida e oferece cursos como “How to Unf – – k Yourself” sobre como ser você mesmo.

Fonte: https://nypost.com/2020/09/23/this-bisexual-pastor-turned-stripper-has-never-been-happier/

Categorias
Notícias Sexo Sexo online

Rei do pornô espanhol, multado por organizar bukkake com 50 pessoas na pandemia

Polícia interrompe as filmagens do conhecido empresário que não possuía as autorizações necessárias e não cumpria as medidas mínimas de higiene e distanciamento social.

Cinquenta pessoas estiveram em um local de Madri para gravar um vídeo pornográfico quando foram “pegos em flagrante, literalmente”.

Entre os três responsáveis ​​pelos locais que serviram de cenário, está um velho conhecido do mundo do pornô, Ignacio Allende, mais conhecido como Torbe, considerado ou rei da pornografia na Espanha.

“Crime contra a saúde pública !!”, era o título do panfleto improvisado

O famoso Torbe, convocou uma festa trimestral no local da sua empresa Puta Locura, que administra o site https://www.putalocura.com/ , um dos mais visitados na Espanha. A quantidade de participantes solicitada era de 50 pessoas e a gravação era destinada a um site pornográfico. Na verdade, os agentes encontrarão “práticas sexuais em massa” para serem posteriormente distribuídas como um filme adulto de Bukkake.

Uma vez no local, agentes verificaram que não existiam autorizações necessárias para tal atividade e não se cumpriam as medidas higiênicas mínimas impostas em Madrid com o atual estado de alarme pandêmico.
Os participantes da suruba assim como as garotas de programa contratadas foram inocentados, e a polícia iniciou um processo de sanção contra os três organizadores.

Os indiciados são três espanhóis com idades entre 51, 45 e 24 anos, o mais velho o conhecido Torbe, com uma longa história de problemas com a lei. Ele foi preso por abuso infantil em 2016, e passou sete meses em prisão preventiva.

Categorias
Acompanhantes Dicas para sexo Sexo

Dafne Anãzinha responde as perguntas das #GarotasPimenta

Nossa amiga Lia Regina, mais conhecida como Dafne Anãzinha, combinou com nossa equipe uma entrevista onde nossas  acompanhantes anunciantes no Pimenta.Club faziam as perguntas.
Ao longo de uma semana perguntamos a varias das nossas anunciantes mais fieis qual é a pergunta que fariam para a Dafne Anãzinha.

Na época da fama, ela chegou a participar de programas como “Pânico”, “The Noite” e o “Programa do Ratinho”.

As questões para a Lia foram selecionadas entra mais de 50 perguntas efetuadas pelas nossas acompanhantes em um formulário pop-up acessível desde nossa área de usuários.

Assista a seguir a primeira parte:

Para quem gosta de ler, temos a versão por escrito da entrevista.

Perguntas das #GarotasPimenta para Dafne Anãzinha – parte I

1.- Quanto vc cobra(va) por hora? 

Não. Eu cobrava um valor fixo de 150,00, mas não cobrava por hora era livre. Mas normalmente os clientes não ficam muito tempo no motel, a maioria é casado. Garotas de programa que se preocupam com o horário os clientes nunca voltam.

2.- Qual posição vc mais gosta?

Eu gosto de ir por cima

3.- Vc gosta de q?

Eu gosto de muita preliminar antes do sexo, para eu me sentir muito molhada

4.- Se largaria tudo hj pra voltar a vida de gp?

Hoje não, eu estou casada não largaria o marido por nada. Mas nunca diga nunca kkkk

5.- Vc chupa gostoso?

Sim no meu livro tem um crédito de como chupar gostoso kkkk. Adoro engolir a porra todinha

6.- Se ela conseguiu sair dessa vida de pg?

Sim, faz 4 anos que estou casada, foi um pedido do meu marido.

7.- Gostaria de saber se você gosta de ser selvagem na hora do sexo ?

Sim, eu gosto muito de gritar, gemer, pedir mais. Eu adoro ser selvagem. Adoro algemas, adoro mijar na cara dos homens.

Dafne Anãzinha responde as perguntas das Garotas Pimenta

8.- Vc começou como? foi instigada por propostas?

Eu falo isso detalhadamente no meu livro, mas eu comecei sem ninguém me falar, eu fazia sexo com os homens em troca de mac donalds, depois de um tempo coloquei anuncio nos sites e comecei sozinha, sem intermediários. Homens que saiam comigo antes da prostituição não queriam me assumir por ser anã. Na prostituição foi o contrário minha deficiência foi motivo de curiosidade.

Eu fiquei revoltada com esses homens e passei a cobrar. Os clientes me tratavam melhor do que os homens que eu não cobrava nada.

9.- Como ela conseguia seus clientes famosos?

Olha eu acho que esses clientes famosos me procuravam para realizar suas fantasias, eles mesmo viam os anúncios, não teve intermédio de ninguém.

Eu atendi eles antes de ficar famosa, então acho que vai de ter um anúncio sincero do que você faz e não faz. Um bom anúncio é tudo. Seja a mais sincera nesse quisito. E também vai de boca a boca se a menina é boa todos ficam sabendo dela rapidamente. No meu livro tem 10 dicas de como atender bem o cliente.

10.- Quero fazer clientes fixo, o que eu faço?

Isso é muito pessoal de cada menina, às vezes não da pra agradar todo mundo entende? Se você tiver paciência para conversar com o cliente, entender o que ele realmente quer, Nunca ficar olhando o relógio, atender bem ele. Fazer um sexo bem gostoso e carinhoso ele sempre volta.

11.- Uma técnica pra aliviar a dor quando o cara for muito dotado

Olha eu nunca tive técnica, nada melhor do que um dia após o outro. Mas quando o cara era muito dotado eu ficava por cima porque doia menos. Se ele insistir de quatro você vai se deitando lentamente kkk.

12.- Você em algum momento se envergonhou por ser acompanhante ?

Nunca senti vergonha do que eu fazia. Quando fiquei internada por depressão (eu conto isso no livro) eu aprendi uma coisa: Saber o que quer fazer e ser a melhor naquilo.

13.- Se ela está feliz com a atividade?

Eu era extremamente feliz na época em que eu era prostituta, hoje eu sou muito feliz também. Me sinto realizada. Meus clientes me fazia me sentir a melhor pessoa do mundo e isso é ótimo para a autoestima

14.- Como faço pra ganhar clientes mais rápido?

Você vai ter muitos clientes só se você atender bem ele, como falei, não adianta nada finjir que gosta, você tem que tentar ao máximo entender o cliente, entender porque ele está ali com você. Conversar muito, deixar ele falar. A melhor propaganda é o boca a boca, se um cliente gostar de você ele te indica para os amigos e assim por diante. Acho importante ter um blog, pois os homens adoram que falem deles.

15.- Vc atendia clientes p viagens ou fds?

Sim, eu atendia todos os dias no motel, mas tinha clientes que me pediam para viajar com eles, mas isso vai da pessoa confiar. Tem muita gente querendo fazer mal para outras meninas, acho importante atender no motel sempre. Tome bastante cuidado.

Lia lançou o livro “A Pequena Notável: Dafne Anãzinha” em formato digital disponível a venda no . amazon.com por R$23 e de forma gratuita para os usuarios Kindle. Na obra, ela ralata sua vida durante e depois da prostituição.

 

Categorias
Notícias Sexo Sexo online

Novo sistema PIX facilita pagamentos pelo celular

O Pix é o novo meio de pagamentos instantâneos do Banco Central que promete “balançar” o mercado. Muito mais rápido e simples, o serviço poderá ser usado por qualquer pessoa que possui uma conta bancária e quer trazer mais praticidade para o seu dia a dia.

Novo sistema de pagamentos instantâneos lançado pelo governo, o PIX, pode ser utilizado para transações de maneira mais simples e ágil.

A “chave PIX” é um “código” para identificar e localizar cada conta no sistema. Você poderá cadastrar como chave um número de celular, um e=mail ou seu CPF. Ao criar a chave, o usuário realizará transações de maneira simples e ágil.

Quem pode fazer um Pix?

Qualquer pessoa que possua uma conta corrente ou de poupança em um dos bancos prestadores de serviço de pagamento (instituições financeiras) participante do Pix.

Pix pode facilitar a vida de acompanhantes com pagamentos efetuados pelo celular de uma maneira fácil. Para cobrar uma cachê pode-se criar um QR Code, que é pago pelo cliente com uma simples leitura, evitando ter que carregar a maquininha.

Onde fazer o cadastro do PIX

No seu banco!
O Pix é disponibilizado pela maioria das instituições financeiras do Brasil!

Tem que ter um aparelho celular?

É o recomendado. O Pix é disponibilizado pelas instituições financeiras a través do telefone celular. Outros possíveis acessos podem ser oferecidos a critério de cada instituição. Internet banking,  presencialmente nas agências, nos caixas eletrônicos ou nos correspondentes bancários assim como nas como lotéricas podem ser outras opções.

Quanto custa o Pix?

As pessoas físicas, inclusive empresários individuais como acompanhantes e profissionais do sexo, são isentas de cobrança de tarifas para:

  • Fazer um Pix (envio de dinheiro, com finalidade de transferência e de compra);
  • Receber um Pix  (como uma transferência).

Há duas situações em que as pessoas físicas poderão ser tarifadas:

  • Ao fazer um Pix: quanto utilizado canal de atendimento presencial ou pessoal da instituição, inclusive por telefone, quanto estiverem disponíveis meios eletrônico;
  • Ao receber um Pix:  no caso de finalidade de compra.

    Tarifas Pix | Imagem https://www.bcb.gov.br/

Pra te ajudar a esclarecer quais são as vantagens dessa novidade, podemos comparar o PIX com os métodos mais antigos de transferências.

Qual a diferença entre o Pix e a TED?

Do ponto de vista d@ pagador@:

TED
PIX
Forma de pagamento 
Pagador precisa conhecer e digitar os dados do recebedor, como seu banco, o número da agência, o número da conta, o tipo da conta e seu CPF ou CNPJ Pagador precisa apenas:

1.-dar um clique na informação da chave que já está armazenada no celular; ou

2.-ler o QR Code do recebedor.

Notificação 
Pagador não é notificado. Pagador sempre será notificado a respeito da conclusão da transação (inclusive em caso de insucesso).
Disponibilidade 
Somente está disponível em dias úteis, entre 6 horas da manhã e cinco e meia da tarde, em geral. Pode ser iniciado em qualquer dia e horário.
Escopo 
Uso mais limitado. Atende qualquer caso de uso.

Do ponto de vista d@ recebedor@:

TED
Pix
Recebimento do recurso 
Apesar de os recursos estarem disponíveis no mesmo dia, o momento dessa disponibilização é incerto. Recursos disponíveis na conta em poucos segundos.
Notificação
Recebedor não é notificado. Recebedor é notificado da disponibilização dos recursos na conta, a cada transação.
Disponibilidade
Somente está disponível em dias úteis, entre 6 horas da manhã e cinco e meia da tarde, em geral. Pode ser aceito em qualquer dia e horário.
Escopo
Uso mais limitado. Atende qualquer caso de uso.

Qual a diferença entre o Pix e o cartão de débito?

Do ponto de vista d@ pagador@:

 Cartão de débito
Pix
Forma de pagamento
Pagamento depende do instrumento cartão de débito. Todas as transações podem ser iniciadas por meio do telefone celular, sem a necessidade de qualquer outro instrumento.
Escopo
Mais usualmente utilizado para compras de bens ou serviços. Atende qualquer caso de uso.

Do ponto de vista d@ recebedor@:

Cartão de débito
Pix
Recebimento do recurso
Recursos só estão disponíveis, em média, dois dias após a realização do pagamento. Recursos disponíveis na conta em poucos segundos.
Escopo
Tem uso mais limitado. Atende qualquer caso de uso.
Instrumento
Recebedor deve ter ou alugar uma maquininha ou instrumento similar.

Além disso, destaca-se que o Pix tem funcionalidades que facilitam o processo de conciliação, de automatização de processos e de integração de sistemas.

Infografico Pix | Imagem https://www.bcb.gov.br/
Categorias
Garotas de programa Sex Work is Real Work Sexo

Falta representação política para profissionais do sexo

O trabalho sexual ganhou destaque nos últimos anos – mas muitos dos candidatos as próximas eleições de 2020 ainda relutam em opinar sobre a questão. Enquanto @s profissionais do sexo continuam a pressionar pelos direitos da classe, é difícil não se perguntar: por que é tão raro para os políticos falar sobre isso?

Nos Estados Unidos, após a estrela pornô Stormy Daniels se tornar uma espécie de ícone feminista, o público parece ter se tornado mais simpático, ou pelo menos mais consciente das experiências das trabalhadoras do sexo.

Na Europa, mas concretamente na Holanda, Amsterdã tem sido considerada o modelo da indústria do sexo moderna, com a prostituição legalizada e renomeada como parte da indústria do lazer.

Stormy Daniels, há ‘mais de um lado em cada história

O Conselho Internacional da Anistia Internacional realizou uma votação para proteger os direitos d@s profissionais do sexo. Delegados e delegadas de todo o mundo se uniram para aprovar uma política sobre o assunto.

“Os trabalhadores e trabalhadoras sexuais são um dos grupos mais marginalizados do mundo e, na maioria dos casos, enfrentam risco constante de sofrer discriminação, violência e abusos. Nosso movimento global preparou o terreno para a adoção de uma política para a proteção dos direitos humanos dessas pessoas, que ajude a orientar o trabalho futuro da Anistia Internacional sobre assunto tão importante”, disse Salil Shetty, secretário-geral da Anistia Internacional.

Falta de representação política no Brasil

O Código Brasileiro de Ocupações (CBO) tem registrada à prostituição com o número 5198. O código penal não criminaliza o exercício da atividade, mas pune todos os envolvidos na cadeia da prostituição, à exceção dos clientes. Assim, elas podem trabalhar de forma autônoma, sem o “auxílio” de terceiros.

Expor as dificuldades sofridas por acompanhantes com serviços de sexo desperta sentimentos de desconforto, fundados no moralismo de que elas ou eles desfrutam da “vida fácil”.

Os direitos das acompanhantes e profissionais do sexo é um assunto que deve ser discutido, junto com  outros temas de máxima relevância como a violência sexual, o tráfico de pessoas, e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Estudos feitos no 2010 falavam em perto de 1,5 milhão de trabalhadores do sexo. Através de associações, principalmente constituídas por acompanhantes e ex-profissionais do sexo, alguns grupos organizados surgiram, mas faltou o apoio maciço da classe para ganhar representação política.

Qual a posição dos candidatos para as eleições de 2020 sobre os direitos no trabalho sexual? NÃO SABEMOS!!!

A sindicalização tem sido usada por vários grupos sociais como uma ferramenta eficaz em movimentos baseados em direitos.

Nem todas as trabalhadoras do sexo podem ou querem ser ativistas e mudar o mundo. Muit@s profissionais do sexo gostam de manter seu mundo em privado, porém a coletivização parece ter algo para todos. Muitas acompanhantes vivem uma vida de luta para sobreviver, mas encontrariam tempo para se envolver ativamente na luta pelos direitos da classe representadas por um coletivo organizado.

O Brasil carece de avanços em políticas públicas de reconhecimento da classe.

A categoria de profissionais do sexo, sobre a qual pouco se fala, sofre com grande intensidade os efeitos da Covid-19. Assim como entregadores, motoristas de aplicativo e outros cujas condições de trabalho obrigam a se arriscar pelas ruas, trabalhador@s do sexo tem sofrido com grande intensidade os efeitos da Covid-19.

Categorias
Dicas para sexo Notícias Sexo

Quase a metade das acompanhantes gosta de sexo anal

Sexo anal é prazeroso? Todos deveriam experimentar?

Tem muita literatura ao respeito do sexo anal. A bíblia não restringe e nem prescreve formas de  práticas sexual entre pessoas (casadas). Será que as mulheres apenas têm medo porque nunca fizeram ou o parceiro não foi cuidadoso, mas que se fizerem direito, vão adorar?

Para saber se o sexo anal é prazeroso, perguntamos para nossas #GarotasPimenta

Você gosta de sexo anal?

Numa enquete realizada entre os dias 6 e 18 de setembro entre uma seleção de nossas anunciantes acompanhantes, perguntamos quais eram suas preferências ao respeito do sexo anal.

46% das acompanhantes disseram gostar de sexo anal e indicaram que quando é contratada como acompanhante, está incluso no cachê cobrado ao cliente.

Quase um quarto das nossas participantes na enquete, os 23%, afirmou que depende do cliente. A confiança com o cliente, se for um cliente habitual ou não, assim como o tamanho do seu pinto, a experiência em fazer o ato, podem ser alguns dos motivos.

Os 20% das #GarotasPimenta declaram que não gostam de sexo anal, mas que no caso do cliente solicitar tem um cachê extra para isso, e mais de 8% das acompanhantes do Pimenta afirmaram não gostar de sexo anal e não praticam com os clientes, mesmo pagando.

Pode-se concluir que o sexo anal é uma questão de gosto. Tem gente que gosta e tem gente que não gosta.

Serviços de sexo com ou sem anal?

Muitas de nossas acompanhantes, com experiência oferecendo serviços de sexo, declaram explicitamente nos seus anúncios que não fazem sexo anal. Vitória, acompanhante em Natal, faz questão de explicitar isso no seu anúncio: “Vitória tenho local próprio climatizado não faço anal“. Já outras acompanhantes como a Brunna, acompanhante em Serra, declara no seu anúncio prestar um serviço de sexo anal inesquecível >> Brunna Branquinha Anal inesquecível

Para uma acompanhante, o sexo anal pode ser um reclame. Sexo anal, chuva dourada, fetiches e fantasias de todos os tipos ajudam a conseguir clientes que querem satisfazer seus desejos.

Brunna Branquinha Anal inesquecível

Sexo anal provoca câncer de colon?

NÃO.  Não há essa correlação com câncer. Para desmistificar questões relativas ao anus, o médico Eurípedes Barsanulfo tem um perfil no Instagram >>  Papo de Reto  e acaba de lançar o livro >> Papo de Reto – Tudo o Que Você Queria Saber Sobre Seu Ânus, Mas Tinha Vergonha de Perguntar.

Categorias
Acompanhantes Garotas de programa Sexo

Namorar uma acompanhante? E ela, namoraria com você?

O que pensam eles

Todas as enquetes feitas por sites e blogs com conteúdo para adultos, priorizam a opinião dos clientes a respeito da possibilidade de namorar com uma profissional acompanhante, principalmente quando é uma garota de programa que oferece abertamente seus serviços.

Os resultados das enquetes, são sempre parecidos e indicam que poucos homens gostariam de namorar uma acompanhante sem colocar um porém.

Só 8% dos homens responderam “SIM” a pergunta Você namoraria uma garota de programa?

Os resultados são da enquete feita no fórum https://adrenaline.com.br/ e à pergunta “Você namoraria uma garota de programa?”. Os resultados foram:

  1. Sim: 8.1%
  2. Sim, desde que ela parasse de atender: 8.6%
  3. Talvez, se ela parasse de atender: 22.6%
  4. Talvez: 14.5%
  5. Não, mesmo que ela parasse de atender: 46.2%

Muitos que não conhecem nem são clientes habituais, não teriam problemas em namorar se ela parasse de atender.

Outras enquetes feitas por sites similares, como a feita pelo site de perguntas e respostas ele&ela até colocam o passado como impedimento para namorar a garota perguntando:

O que pensam as garotas disso?

O que pensam elas

Fizemos uma enquete com noss@s acompanhantes para saber qual é a opinião delas. Já sabemos que poucos homens gostariam de namorar uma garota de programa, mas e as garotas? Será que elas gostariam de namorar com um cliente?

Perguntamos para elas “Você namoraria um cliente?

Os resultados da pesquisa do Pimenta.Club mostram que 35% das acompanhantes não namoraria um cliente, e 10%, só namoraria um cliente se ele já foi um conhecido anterior da garota ter começado a trabalhar como acompanhante.

Não
35,00%
Só se for alguém que já conhecia
10,00%
É muito difícil, mas às vezes rola um “chan” com algum cliente
45,00%
Sim. Porque não? Estou solteira!
36,00%
Outro
4,00%

Um 45% das acompanhantes do Pimenta.Club indica que é muito difícil namorar com um cliente, porém às vezes rola um “chan”. Nossa enquete não perguntou o que acontecer depois, se rolar o tal do “chan” 😉

Já os 36% das acompanhantes – mesma proporção que as que jamais namorariam um cliente – indicou que não tem problemas em namorar um cliente e declara-se solteira!

Você namoraria uma acompanhante? E ela? Ela quer namorar você?

A enquete do Pimenta.Club foi elaborada com uma seleção aleatória de participantes voluntários entre mais de 7000 anúncios de acompanhantes para adultos no nosso site.

Fotografias de Julinha | Julinha Safadinha

A gente foi mais longe!

Meninas, o Pimenta.Club quis ir mais longe e tirou mão da calculadora para saber o que pensam “eles” na realidade. As enquetes feitas pelos sites, não tem em consideração se o homem que efetua seu voto é “cliente” de serviços de acompanhantes. Sob nosso ponto de vista, os homens que não conhecem, não tem voto válido na nossa enquete. O pastor de uma igreja pode votar 5 vezes, só para desacreditar a classe, mas não afeta a proporção de clientes que namoraria uma acompanhante, porque ele não é um cliente!

Não tem estudos oficiais, e fica até difícil ter uma idéia do número de profissionais do sexo que trabalham atualmente no Brasil.

ONGs estimam que o número de garotas de programa no Brasil é de aproximadamente 1.170.000.

Vamos fazer uma conta rápida. Se tem 1,2 milhão de profissionais mulheres, e vamos supor um “hipotético” número (muito baixo) de 30 clientes por profissional. Se fizer as contas, ficamos com 45 milhões de Brasileiros que pagam por serviços de sexo.

No final temos que 2/3 dos brasileiros que não pagam por sexo, e não conhecem o serviço nem as pessoas que o prestam.

Segundo a enquete, 46% não namoraria uma acompanhante, e tem 66% que não conhece o serviço. Isso quer dizer que tem muitos que não conhecem nem são clientes habituais, mas não teriam problemas em namorar uma acompanhante se ela parasse de atender.

Na real, se tirar os que não pagam serviços profissionais de sexo, o número de clientes que namoraria uma profissional acompanhante, principalmente se ela deixar de trabalhar, é mais do 50%. Se prestar atenção, a porcentagem e a mesma que as acompanhantes que namorariam um cliente 😉

Dados de profissionais do sexo no Brasil em 2010

Segundo um estudo do 2010, existe 1.500.000 (um milhão e quinhentos) profissionais do sexo no BRASIL e desses 78% são mulheres, 1.170.000. As travestis correspondem a 15%, o que soma 225.000 mil profissionais.

Categorias
Massagens Notícias Sexo

Melhores técnicas da massagem Tântrica

Neste artigo, vamos revisar com mais detalhes em que consistem as massagens tântricas. Em primeiro lugar, para saber o que é uma massagem tântrica, devemos primeiro saber o que é o tantra. Tantra vem da filosofia oriental e se refere ao desenvolvimento espiritual de um indivíduo.

As massagens tântricas têm como objetivo final a liberação do espírito e sua expansão.

Cada vez mais clientes procuram novas alternativas de massagem e descobrir todos os benefícios que estas podem lhes trazer, tanto física como psicologicamente. E é que estas massagens supõem uma libertação “de corpo e alma” que permite desligar das preocupações, purgar o stress e estimular os sentidos de uma forma diferente e mais íntima que as massagens mais tradicionais.

Mas dentro deste tipo de massagem existe uma grande variedade de profissionais. As massagens eróticas no Rio de Janeiro ou as massagens eróticas em São Paulo feitas por uma profissional podem ser mais do que um elemento sexual.

A massagem tântrica é erótica e busca o prazer. Embora possa causar orgasmo, não é realmente seu objetivo principal. As massagens eróticas mantém uma relação intimamente ligada aos órgãos sexuais.

Essa busca de explorar o plano sexual em sua plenitude permite que as sessões alcancem os aspectos mais psicológicos e “espirituais” da sexualidade.

Algumas técnicas da massagem tântrica têm aplicações terapêuticas capazes de tratar com sucesso diversos problemas relacionados, tanto direta quanto indiretamente, literal ou inconscientemente, com o sexual.

O objetivo final desta prática, portanto, é a geração e gestão de uma energia capaz de levar a pessoa a um estado de consciência e plenitude.

Graças ao tantra, as zonas erógenas são estimuladas, o que permite o autoconhecimento por meio da sensação de prazer. Em todo esse processo, a figura do corpo é o eixo central e é percebida como uma entidade sagrada e suprema.

É fundamental também considerar que um dos pilares do Tantra é a aceitação de si mesmo como ser e que somente assim é possível usufruir dos benefícios dessa prática.

No tranta o órgão sexual masculino é conhecido como Lingame e os órgãos genitais das mulheres são conhecidos como Yoni.

É necessário saber na massagem tântrica que a verdadeira penetração não ocorre nas relações sexuais. Sempre que falamos em massagem tântrica costumamos associá-la ao sexo ou à vida sexual, mas você deve saber que o tantra abrange muitos outros aspectos, até mesmo com propriedades relaxantes e medicinais.

Na verdade e mais, estar nu não é um requisito essencial para a prática e aplicação da massagem tântrica, embora seja recomendado para obter a máxima experiência nesta área.

O óleo quente é geralmente usado desde os movimentos dos pés até chegar ao pescoço.

Categorias
Acompanhantes Dicas para sexo Sexo Sexo online

Como descobrir se o perfil é verdadeiro?

Algumas dicas para identificar perfil falso. Você quer saber se à acompanhante com quem você está querendo o contato é à mesma pessoa que você está falando pelo whatsapp.

  • Veja se a foto do perfil do WhatsApp e do anúncio é a mesma pessoa;
  • Buscar a foto de perfil, no Google imagens. Geralmente, os perfis falsos usam fotos de outras pessoas que possuem outra conta. Se a foto for procurada no Google imagens, aparece o verdadeiro dona da fotografia;
  • Veja as valorações do anúncio. Anúncios mais antigos, tem mais valorações;
  • Pergunte se a acompanhante tem perfil nas redes sociais. Hoje muitas acompanhantes tem mídias sociais, é fácil conferir;
  • Procure em outros sites o mesmo anúncio;
  • Veja se o número de telefone usado em outros sites é o mesmo;
  • Desconfie de garot@s que enviam mensagens para você incentivando a troca de mensagens e contatos. Isso não acontece;

O Pimenta.Club oferece um serviço especial de Perfil especial para Acompanhante Vip.
No nosso novo perfil @s garot@s de programa podem colocar todos seu anúncios, criar uma área privada para assinantes, publicar suas mídias sociais e até marcar encontros, se desejar. Todos os sites tem seus autores verificados e todas as imagens são dessa mesma pessoa.

Categorias
Acompanhantes Dicas para sexo Garotas de programa Sexo

Como é o boquete perfeito?

Segundo uma das nossas enquetes com acompanhantes registradas no Pimenta.Club, o sexo oral, especificamente a felação, é uma das práticas que os homens mais gostam.

Muitas das garotas, começam o trabalho “amaciando” o cliente com um boquete, mas fazer um bom boquete não é fácil.

Beijos suaves no glande
Yazmin, uma das nossas acompanhantes no rio de Janeiro, ​​especialista em felação, explica que a parte do pau que mais precisa de ser estimulada é a glande. A garota explica que costuma dar beijos suaves nessa parte e fazer pequenos círculos com a língua, delicadamente, sempre procurando dar o máximo de prazer e relaxamento.

Sugar e usar as mãos
Já  a Tereza, uma acompanhante de São Paulo, diz que geralmente passa a língua e suga ao mesmo tempo que usa as mãos. Ela gosta de estimulá-lo um pouco mais rápido e depois ir em um ritmo mais lento.

Passar a língua em tudo
Outra acompanhante em Natal, a Nanda massagista, conta-nos que quando faz uma felação, normalmente também passa a língua por tudo, tanto os testículos como o pau. Ele nos garante que todos os homens amam essa técnica.

Começar pelos testículos
Um de nossos garotos escorts, o Fávio, fala que quando começa a chupar um pau, começa por baixo, pelos testículos, pela base do pênis, suavemente, subindo e descendo a língua umedecendo o pênis com sua saliva. Ele demora para chegar no glande, segurando a vontade do cliente. A glande é a parte mais sensível do pênis, então, deixar pra depois vai deixá-lo louco.

Chupar o cu
A Marcya, acompanhante em João Pessoa, comentou que alguns clientes gostam de você lamber o seu anus, outros não gostam nem que você chegue perto. Tem que ficar atenta. Em caso de gostar, dedico um tempo lambendo, tocando, fazendo carícias externas e introduzindo o dedo.

Alguns homens gostam mais que outros desse toque nos testículos. Descubra o quanto eles gostam.

Todos os homens gostam de felação?

Sexo oral é uma prática que todos os homens gostam. «E se não», garante-nos uma das nossas acompanhantes, «nunca o fizeram bem».

A compreensão mútua entre o cliente e a acompanhante é essencial para um boquete nota 10, tanto ele recebendo quanto ela fazendo. A profissional deve saber como estimulá-lo, enquanto ele tem que orientá-la, dizer o que ele mais gosta e como ele quer que ela continue.

Categorias
Acompanhantes Massagens Sexo

Conheça a massagem Lingam | Massagens Eróticas

Massagens Eróticas

Massagens eróticas são aquelas com as quais trabalhamos a sensualidade e o erotismo utilizando técnicas manuais e corporais para o prazer dos nossos sentidos.
Experimente novas sensações baseadas em massagens profissionais integrais aplicadas a todo o corpo sem exceção. As massagens eróticas são orientadas tanto para homens quanto para mulheres, independentemente de sua orientação sexual.

Aspectos sexuais da massagem Lingam

A massagem Lingam trabalha com a sexualidade, com a energia sexual como fonte de cura de outros bloqueios emocionais individuais decorrentes do dia a dia das pessoas.

Por médio da massagem Lingam sua energia sexual fluirá livremente

A massagem Lingam é a ferramenta fundamental numa sessão de Tantra e presta-se especial atenção no massagem da zona genital, donde se encontra o primeiro chakra responsável pela energia primária, também conhecida como energia sexual.
A massagem genital ( massagem Lingam no homem ou massagem Yoni na mulher ) produz um alto nível de excitação, chegando inclusive ao orgasmo em repetidas vezes, e isso é normal, uma vez acordada essa energia a terapeuta distribui-la-á por todo o corpo provocando uma sensação sedante, relaxante e placerosa.

Conheça a massagem Lingam

Atitude passiva e respeito a massagista

As profissionais costumam indicar como vai desenvolver-se a massagem Lingam, indicando movimentos para começar a acordar e relaxar o seu corpo. Ambientes adequados com música suave, velas e incensos ajudam a preparar corpo e mente para a terapia.
A partir daí começa a terapia, em marquesa ou em futón, durante 1 hora, num ambiente adequado com uma música relaxante, com velas e incensos.

A massagem Lingam começa pelas costas, pés, peito e zona genital, onde aplicaram-se técnicas para obter o despertar sexual do cliente.

Respiração consciente e atitude totalmente passiva é fundamental para obter o efeito desejado.

Uma sessão de tantra é muito mas que uma massagem sensual pois seus efeitos não são sozinho a nível físico, os resultados desta terapia influem a nível mental provocando um estado de relaxação e bem-estar profundo e provocando uma abertura mental

Respeito à massagista e a seu trabalho é primordial

Ao acabar a massagem Lingam, uma ducha ajuda-nos para voltar a nossa vidinha de sempre 😉

Categorias
Dicas para sexo Sexo Sexo online

3 dicas para seu perfil de Acompanhante no Twitter

Se você precisar de ajuda para criar seu perfil com codinome de garota de programa no twitter, essas dicas ajudarão a criar um perfil de garota de programa que represente sua identidade nessa rede, uma das que mais cresce no setor de contatos de acompanhantes.

1. Use o nome principal com criatividade

Crie um nome simples que represente você ao mesmo tempo que seja um reclame.

Lanna Ferrari ou Rebeca Goya, exemplos de como uma combinação “apelido + palavra chave” pode ser efectivo. Outra das caraterísticas do Twitter é a possibilidade de inserir emojis no seu nome principal. Algumas das GP mais famosas do Twitter, as chamadas Influencers do Sexo, usam os emojis para personalizar seu perfil e dar personalidade:

  • LANNA FERRARI®    EM SC
  • Pietra vampi
  • Bruna Ferraz

Também pode usar seu telefone, mas isso pode levar até você um monte de ligações não desejadas.

2. Cadastre um nome de usuário com “chan”

Um problema apresentado no Twitter é o limite de 15 caracteres para nomes de usuários. Todo mundo tem um nome e sobrenome muito longo, mas o twitter não quer saber o seu CPF nem seu nome, ele só quer saber seu nome de acompanhante.

Para superar esses problemas, você pode tentar criar um nome de usuário que primeiro leva seu codinome e, em seguida, seu apelido ou palavra chave.

Você também pode tentar usar as inicias GP ou as do seu estado no final de seu nome de usuário de garota de programa.

Crie um nome simples e atractivo que seja um reclame para seus clientes com combinações diferentes entre apelidos, palavras chaves e localização.

  • @LannaferrariGp
  • @PietraVampi

3. Poste regularmente

As melhores e mais procuradas garotas acompanhantes no Twitter postam uma media de 1 post a cada 2 dias. Tente manter seus seguidores ligados nos seus posts, ao final, você é no twitter o que você apresenta nos seus tweets.

Estabeleça uma relação “pessoal” com os seguidores e tente responder sempre os elogios.

Mantenha seus seguidores engajados postando regularmente no seu twitter de acompanhante e procure sempre novos amigos.

Categorias
Notícias Sexo Sexo online

Atriz Bella Thorne fatura 5 milhões e pede desculpas a usuários do Onlyfans

Equívoco de Bella Thorne no Onlyfans preocupa outras anunciantes que tem a plataforma como uma das suas fontes de renda.

Atriz estava cobrando até US$ 200 (mais de R$ 1 mil) pelo acesso a três fotos que a mostrariam nua.

O sucesso da atriz de 22 anos está dando o que falar. Bella Thorne quebrou todos os recordes de arrecadação no Onlyfans com a venda de conteúdo erótico a traves da plataforma. Ela faturou 1 milhão de dólares, 5,5 milhões de reais no troco de hoje em uma semana. De acordo com o site OnlyFans, a atriz tornou-se também a recordista em arrecadação no período de um dia.

Segundo as políticas do site, o 80% do valor arrecadado fica com os próprios modelos.

O fato gerou críticas de tod@s @s profissionais. Outros usuários do OnlyFans ficaram insatisfeitos porque as imagens exclusivas de Bella não eram tão explícitas — a atriz estava cobrando até US$ 200 (mais de R$ 1 mil) pelo acesso a três fotos que a mostrariam nua. O que irritou os profissionais que trabalham com o OnlyFans foi uma cobrança máxima de US$ 50 (quase R$ 300) para se ter acesso às imagens. O limite é estipulado pela plataforma e de cumprimento obrigatório por todos os usuários. Além disso, o tempo que o site leva para pagar os internautas teria aumentado de sete para 30 dias por causa da dificuldade para pagar a Bella Thorne.

As demoras no pagamento teriam sido resultado do sucesso de Bella. Atriz, conhecida por seus trabalhos na Disney, usou suas redes sociais para pedir desculpas a usuários do Onlyfans.

Por conta da polêmica, a atriz usou suas redes sociais para se desculpar com outros usuários do Onlyfans, principalmente acompanhantes e garotas de programa. No sábado 29 de junho, ela postou explicações em seu Twitter, afirmando que sua intenção era remover o estigma por trás do sexo e da negatividade que cerca todos os assuntos sobre sexo. “Eu queria chamar a atenção para o site. Quanto mais pessoas no site maior a chance de normalizar os estigmas. Ao tentar fazer isso eu machuquei vocês”, escreveu.

Bella disse ainda que arriscou sua carreira algumas vezes para remover o estigma por trás do trabalho sexual e da pornografia. “Eu escrevi e dirigi um filme pornô contra as sobrancelhas altas de meus colegas e gerentes porque queria ajudar com o estigma por trás do sexo”, destacou.

Por fim, a atriz disse que sente muito por ter machucado alguém. “Eu sou um rosto comum e quando você tem uma voz, uma plataforma, você tenta usá-lo para ajudar os outros e defender algo maior do que você”, acrescentou.

Categorias
Garotas de programa História Sexo

Conheça a lei Gabriela Leite que ia regulamentar profissionais do sexo

O Projeto de Lei 4.211/12 que ia regulamentar a atividade dos profissionais do sexo, de autoria do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), foi arquivado o passado 31/01/2019 pela Mesa Diretora ( MESA ) nos termos do Artigo 105 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados

O projeto foi batizado de Lei Gabriela Leite em homenagem à escritora, presidente da organização não governamental (ONG) Davida e ex-aluna de sociologia da Universidade de São Paulo (USP), que decidiu virar prostituta aos 22 anos. Gabriela foi muito ativa na luta pelos direitos das prostitutas e  morreu em 2013.

No projeto de lei, Jean Wyllys, defende que a marginalização das pessoas que lidam com comércio do sexo leva à exploração sexual.

“Aquela prostituta de classe média alta, que divide um apartamento no Rio ou nos Jardins, em São Paulo, talvez seja menos vulnerável que o proletariado da prostituição, que depende das casas e de exploradores sexuais. Eu quero proteger os direitos delas, garantir a dignidade e combater a exploração sexual de crianças e adolescentes. Digo, “elas”, porque a maioria das pessoas que realizam trabalho sexual são do gênero feminino, mas o projeto também beneficia os garotos de programa.

Há quem discorde dessa posição. Tânia Navarro Swain, feminista e historiadora da Universidade de Brasília se considera “abolicionista”. Ela é contra a legalização da prostituição por acreditar que isso significaria a institucionalização do proxenetismo. Os proxenetas, que são vulgarmente conhecidos como “cafetões”, segundo Tânia, seriam transformados em empresários.

“A prostituição é a maior violência social contra as mulheres. A legalização da prostituição incentiva o tráfico ignóbil, imundo e nojento, que força as mulheres a se prostituírem. É um ato que só favorece os homens e o patriarcado. Mulheres não são mercadorias, são pessoas”, disse a historiadora.

Jean Wyllys, no entanto, afirma a intenção não é incentivar a prostituição. “As prostitutas existem, e elas estão prestando esse serviço. E se há um serviço, há demanda. A sociedade que estigmatiza e marginaliza a prostituta é a mesma sociedade que recorre a ela. Na narrativa mais antiga produzida pela humanidade, a prostituição já é citada. Não é à toa que dizem que é a profissão mais antiga do mundo”.

O debate divide opiniões: grupos religiosos, cidadãos comuns e até dentro dos grupos feministas, os mais diversos argumentos são listados.

Marcela Azevedo, representante do movimento Mulheres em Luta, diz que o projeto, caso aprovado, vai regulamentar a mercantilização do corpo feminino. “Nós entendemos que a prostituição é colocada para as mulheres como parte do processo de opressão. A perspectiva de melhoras, como direitos trabalhistas e combate à violência, deve ser garantida pelo Estado independentemente da regulamentação da profissão. Qualquer mulher na rua, de dia ou de noite, com qualquer roupa, deve se sentir segura para transitar, e o Estado deve garantir isso”.

Cida Vieira, presidente da Associação de Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig), defende a legalização da profissão e afirma que, como qualquer outro profissional, a prostituta deve ter o direito de se aposentar e receber benefícios.

A sociedade que marginaliza os profissionais do sexo é a mesma sociedade que reclama seus serviços.

De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), no exercício de algumas das atividades, os profissionais do sexo podem estar expostos a intempéries e discriminação social, além do risco de contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DST), maus-tratos, violência de rua e morte. O Projeto de Lei Gabriela Leite previa a necessidade do direito à aposentadoria especial, por se tratar de trabalho em condições especiais – que prejudicam a saúde ou a integridade física.

Desde 2002, a prostituição está no rol das ocupações brasileiras. Reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego, a atividade dos profissionais do sexo é restrita aos maiores de 18 anos.

Cida diz que, com a legalização, as prostitutas se empoderaram. “Quando elas têm informação, dão a cara a tapa, brigam por seus direitos e a violência acaba não acontecendo. Hoje, elas ficam a mercê da fiscalização, nas ruas, podendo ser violentadas. Todo mundo quer se aproveitar da pessoa que está na rua, vulnerável”.

De acordo com o texto do projeto arquivado, a exploração sexual ocorre quando há apropriação total ou maior que 50% do rendimento da atividade sexual por terceiros; quando não há pagamento do serviço sexual; ou quando alguém é forçado a se prostituir mediante grave ameaça ou violência.

O projeto buscava fazer uma clara distinção entre o que é trabalho sexual voluntário – praticado por pessoas adultas – e a exploração sexual de adultos.

O profissional do sexo poderia prestar serviços como trabalhador autônomo ou em cooperativas, e as “casas de prostituição” seriam permitidas desde que não ocorra exploração sexual”.

Para o deputado Jean Wyllys, a legalização da casa de prostituição é fundamental para tirar o seu funcionamento da clandestinidade, “ou seja, passar de um funcionamento manejado pela corrupção dos órgãos de fiscalização, para uma regulamentação objetiva e com mecanismos de controle que possam ser acionados. A ilegalidade permite os abusos dos cafetões e cafetinas, os abusos da polícia, a propina, a repressão, a violência.”

Marcela Azevedo afirma que o movimento Mulheres em Luta não trata do tema do ponto de vista da moralidade. “Nós nos solidarizamos com as lutas dessas mulheres contra violência, exploração, por direito a se aposentar. Mas a gente acha que o caminho não é regulamentar, pelo contrário, é superar a prostituição. A alternativa é garantir as condições para que as mulheres que estão em situação de prostituição, não por opção mas por necessidade, que possam construir a sua vida em outra condição”.

Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2016-03/projeto-que-regulamenta-atividade-de-profissionais-do-sexo-esta

Categorias
Notícias Sexo

Flordelis. Pilantra, ASSASSINA e hipócrita !!!!!!

“Prostituição e homossexualismo não é de Deus”

Flordelis foi mãe e sogra de Anderson, antes de se casar com ele e mandar matá-lo; Fiel da igreja criada por ela diz que pastora e família frequentavam casa de swing

Pilantra, ASSASSINA e hipócrita !!!!!!

Categorias
Garotas de programa Notícias Sexo

MC Biel, acusado de dar calote em garotas de programa, está prestes a entrar na “A Fazenda”

Prestes a entrar no reality show ‘A Fazenda’, exibido na RecordTV de propriedade da igreja Universal, o cantor Biel de 24 anos foi acusado pelo empresário Eduardo Ferreira de aplicar um calote de R$80 mil nele.

Depois de lançar Assume e Onda Fora do NormalMC Biel esta divulgando em todas as plataformas digitais -pela Warner Music- a faixa Fé Na Maluca, uma colaboração com MC Fael Halls.

Este é o terceiro single do artista e faz parte da nova empreitada no cenário fonográfico: uma nova música e clipe inédito por mês até novembro deste ano.

Acusado de dar calotes em garotas de programa

“Custos com farras em prostíbulos… Ele não pagou as profissionais” Uma vez, eu o acompanhei a uma casa de massagens na Rua Augusta e ele levou mais de cinco garotas de programa pra casa e não as pagou. Elas ameaçaram ir para a imprensa e fazer um B.O., e então eu tive que arcar também com esse prejuízo“ declarou o empresário ao diário O Dia

MC Biel, irá participar da próxima edição de ‘A Fazenda‘, contudo, mesmo tendo feito alguns sucessos no passado, o cantor carrega muitas polêmicas envolvendo seu nome.

O empresário afirmou que MC Biel não pagava os serviços que contratava e ainda afirma que em varias ocasiões teve que custear garotas de programa que Biel contratou e não pagou.

Um golpe de R$80 mil

O empresário contou à colunista que levou um golpe de R$ 80 mil do Biel juntando as despesas de janeiro a março deste ano. A parceria dos dois durou três meses: ”O empresário conheceu o Biel através de um amigo artista e contou do seu sofrimento e que precisava de uma agência. Como bom manipulador, ele disse que sofreu um golpe da Warner Music. Que eles tramaram sua queda e que inventaram uma história para descredita-lo“.

Começamos a trabalhar com ele, e ele morou na minha casa em janeiro, antes de voltar das férias do Brasil para os EUA“, conta Eduardo.

Audiências na justiça americana

Ele voltou para EUA, pois tinha audiência com a justiça americana. Então comprei as passagens, e ele disse que tudo seria devolvido por um investidor que era dono da Nickelodeon. Quando voltou ao Brasil, vimos que era tudo mentira”.

Acusado de dar outros golpes

E por onde passou deu golpes em outros empresários. “Por conta de altos gastos, eu tive um prejuízo grande com minha empresa, o que resultou nas demissões de famílias. Não espero mais nada dele, apenas que pague a família do Vinnie, pois seu pai ficou doente com esse enorme prejuízo. E eu saio com prejuízo emocional (mesmo com prejú de R$80mil). Cheguei a ter depressão e tive que reduzir meus sonhos demitindo funcionários por conta dos prejuízos morais e financeiros.

“Tentamos conversar, e ele veio até minha casa humilhando a mim e as pessoas com quem trabalho“, finaliza.

Anitta responde

Em conversa com o jornal O Dia, o empresario Eduardo falou duma conversa que teve com o ex-cliente e agora inimigo. “Como um bom manipulador, ele me disse que sofreu um grande golpe da Warner e da Anitta. Que eles tramaram sua queda e que a história da repórter (que ele assediou) foi combinada porque precisavam cancelar ele para subir a Anitta“

Anitta respondeu a polêmica em uma publicação do perfil @nanarude“Comente abaixo, você aí de casa também, sob [sic] sua experiência de como acabei com sua vida…”, escreveu a famosa nos comentários.

Anitta respondeu a polêmica em uma publicação do perfil @nanarude

 

Categorias
Garotas de programa Notícias Sexo

Acompanhantes VIP de um programa só

Milionários brasileiros. empresários de sucesso e futebolistas. Os famosos acabam tendo uma rotatividade de mulheres muito grande, até porque a maioria é casado.

“Eles não costumam criar um vínculo, talvez, não gere uma fofoca. Está tudo certo um programa só”

Eles não pode dar tanta bandeira, afirmou a empresária Raquel Pacheco, mais conhecida como Bruna Surfistinha, nome que usava na época em que trabalhava como acompanhantes de luxo em Rio de Janeiro, e que a popularizou nacionalmente ao relatar sua vida num filme autobiográfico, com a Deborah Secco

Uma das premissas básicas para ficar com famosos é a discrição: eles prezam pela privacidade.

“Eles não costumam criar uma rotina as garotas de programa, justamente para não criar um vínculo, para que ela não se apaixone, talvez, não gere uma fofoca maior. Está tudo certo um programa só. Os famosos acabam tendo uma rotatividade de mulheres muito grande, até porque a maioria é casado, ele não pode dar tanta bandeira”, afirmou Bruna Surfistinha numa entrevista na https://www.otvfoco.com.br/.

Em entrevista concedida ao portal UOL no 2019, a empresária afirmou que já contrataram seus serviços quatro celebridades, nenhuma delas estrela de TV: foram pelo menos dois jogadores de futebol e um famoso cantor sertanejo.

Um deles pediu para ela ser “Bruno” e não Bruna, ou seja, ela o comeu por trás.

Ao longo de sua carreira como acompanhante, encontrou os mais variados fetiches, como, por exemplo, inversão de papéis, com homens casados que preferiam ser penetrados com prótese amarrada no cinto..

O mais legal foi um jogador de futebol, o cantor sertanejo não era tão conhecido, hoje ele é. Estamos falando de alguns anos atrás, ele estava começando. Ator não teve. Já ouvi muitos casos, não apenas comigo”, afirmou Raquel Pacheco.

Teve dois jogadores de futebol, acho que é a profissão mais safadinha

Categorias
Notícias Sexo

Políticos e transexuais: A Idade de Ouro do Brasil

O novo romance de João Silvério Trevisan, “A Idade do Ouro do Brasil” inspirado no presidente Bolsonaro sob o mesmo teto que um grupo de políticos corruptos e uma turma de garotas de programa transexuais, foi ganhador do prêmio Jabuti e de dois prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte.

O livro relata a disputa de poder entre o submundo da política e travestis paulistanas.

A Idade de Ouro do Brasil

“Fui me inspirando em fatos desde aquele período de 1987, quando comecei a escrever. A Vera Bee, professora, eu conheci na vida real, era o Marcão. Ele dava aula na universidade e à noite se montava para fazer travestismo.” declarou Trevisan.

O livro tem 30 anos de idade. Nasceu como um roteiro de filme, que seria estrelado por Marco Nanini. Mas, no fim da década de 1980, Trevisan não conseguiu quem financiasse o projeto.

‘Realmente, eu pensava que estava não sei em que país.”

O romance é ambientado no 2009 e Lula segue no auge do poder, o Brasil compõe o grupo dos BRIC e os poços do pré-sal começam a jorrar dinheiro. Políticos e empresários se reúnem para articular a criação de um novo partido almejando acesso fácil ao dinheiro que está por vir.

O encontro tem tudo para dar certo, não fossem dois imprevistos.

  1. A visita de um ex-capitão do exército, que os colocará em xeque.
  2. A entrada em cena das transexuais Afrodites da Pauliceia, sob o comando da veterana Vera Bee, prfessor universitário durante o dia, que à noite vira fornecedora de cocaína

Elas são convidadas para alegrar o final das reuniões. Nas noites de excesso que se seguem, as brigas começam e o poder é disputado a ferro e fogo.

A Idade De Ouro Do Brasil