Foto: Divulgação/GM

Homem estupra e rouba garotas e manda ZAP pra dizer que é portador de doença

Suspeito tinha pago o programa adiantado, mas usou uma arma para ameaçar as garotas forçando-as a fazer sexo sem camisinha.

Um homem foi preso na passada terça-feira 24/11, em Ponta Grossa-PR suspeito de estuprar e roubar uma garota de programa de 19 anos e estuprar outra. Há uma investigação em curso na unidade de casos que se assemelham ao ocorrido nesta terça.

O suspeito foi identificado na delegacia e logo os guardas municipais conseguiram encontrar o homem em sua casa.

Segundo a Polícia Militar, os crimes aconteceram na Vila Veneza, por volta das 22h da noite. Uma das vítimas relatou que tinha agendado um encontro e, ao chegar no local, o pagamento foi feito adiantado e ela e uma amiga entraram no carro do suspeito. Logo depois o homem levou a vítima e uma amiga até uma área isolada pra fazer o programa. Chegando na área o homem disse que só tinha um preservativo e apelou pra que a amiga fizesse um boquete sem proteção, o que foi aceito pelas garotas.

Logo que o programa começou, o homem sacou uma arma e colocou na cabeça de uma das mulheres. Ele começou a transar com a amiga com a arma na mão e retirou a camisinha forçando uma relação sexual desprotegida. Após gozar, pegou o dinheiro que havia pago adiantado às garotas e fugiu. Pouco tempo depois, as garotas de programa de Ponta Grossa começaram a receber mensagens do homem dizendo ser portador de doença sexualmente transmissível e orientando as mulheres a fazerem exames.

Elas foram ameaçadas com uma arma e obrigadas a fazer sexo sem proteção

Após ser identificado pelos mensagens, a polícia foi até a casa do homem, e encontrou a arma usada no crime. Trata-se de uma arma de airsoft que estava escondida dentro do carro dele. O homem, acusado de roubo e estrupo, alegou que apontou a arma para as garotas de programa porque tinha discutido sobre o valor da cachê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.