Nikole Mitchell, conheça a pastora que virou Sex Worker

A pastora que virou Sex Worker

Iria receber milhares de dólares para fazer um programa, e para mim tudo bem, mas então o Covid bateu e o programa foi cancelado.

Tendo crescido em uma família batista estrita, esperava-se que Nikole Mitchell fosse quieta, reservada e doce. Mas seus sonhos não eram tão conservadores. Desde muito jovem, ela fantasiava ser uma stripper”, e agora trabalha como modelo erótica no OnlyFans,

“Fui doutrinada a acreditar que meus desejos e meu corpo eram pecaminosos e maus por natureza.” falou numa entrevista no NY Times. Então, em vez de perseguir seu sono de ser estripper, a mãe de três filhos apostou tudo na religião  e se tornou uma pastora. Mesmo assim, ela sempre foi rebelde aos olhos de sua família.

“Aprendi que as mulheres não podem liderar e que as mulheres devem estar na cozinha e com as crianças”, disse Mitchell, “Portanto, embora isso fosse contra tudo o que me disseram, decidi me tornar [pastor] por causa do meu desejo exibicionista.”

Em 2011, Mitchell, junto com seu agora ex-marido, juntou-se à Woodland Hills Church – uma megaigreja evangelista em St. Paul, Minnesota – que abriu seus olhos para a possibilidade de igualdade de gênero dentro da fé.

Todos os domingos, Mitchell era a primeira da fila a fazer uma pergunta ao pastor após o sermão e em pouco tempo ofereceram um posto de pastor. “Estar no palco na frente de milhares de pessoas – era isso que eu sonhava há anos.”

Ansiosa por subir na hierarquia, Mitchell – que também criava três filhos agora com 10, 7 e 4 anos – conseguiu uma vaga como pastor semanal em 2016.

Mas a verdadeira identidade de Mitchell começou a se revelar quando ela assistiu a uma apresentação de teatro voltada para LGBT no final de 2016.

“Eu estava tipo, ‘Oh meu Deus, eu acho que não sou hétero‘ e isso abalou meu mundo”, disse Mitchell, que agora se identifica como bissexual e pansexual. “Eu sabia que se revelasse minha estranheza, perderia tudo porque a igreja não acolhe pessoas LGBTI+.”

De repente, ela se sentiu como se estivesse vivendo “uma vida muito dúplice” e lutou para manter sua sexualidade em segredo. Então, depois de dar seu primeiro sermão de fim de semana de grande público de 4 de julho de 2017, Mitchell deixou a igreja para sempre.

“Eu simplesmente nunca apareci de novo,” ela disse.

Diante da reconstrução de sua vida, ela se perguntou o que viria a seguir. Alguns meses depois, Mitchell saiu publicamente em um vídeo confessional no YouTube postado em suas plataformas de mídia social.

“Comecei a seguir a esposa do meu coach [no Instagram] que estava fazendo modelagem de lingerie”, disse Mitchell. “Eu fui meio desencadeada por isso. . . mas também fui magneticamente atraída. ”

Mitchell sabia que ela queria se aprofundar em seus próprios desejos sexuais e se inscreveu em uma aula chamada “Sexpress You”.

Em seguida, ela se juntou a um fotógrafo para fazer sua primeira sessão de fotos nuas.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Every.single.day for the past 15 months, I’ve had this mantra go off on my phone: “I just had a $25,000 month!” And every single month I did the work: I felt the feelings of having the money. I drove like I was already having $25k months. I faithfully showed up in my business. I invested in myself. And at the end of each month… I wouldn’t hit my goal. Until today motherfuckers!!!😭🔥🥳🙌🏾 I held the faith. I stayed the course. I believed when there was reason not to. And👏🏾here👏🏾we👏🏾are👏🏾!! I share this because this is part of the manifestation process. This is part of the upleveling process. Are you willing to believe? Are you willing to feel? Are you willing to show up even after the “deadline” passed? Are you willing to put more faith into YOUR power than in anything else around you? Are you willing to stay the course when you’re tempted to give up? Someone wise once said: it’s less like a puzzle and more of an endurance game. Are you willing to endure? To be tenacious? To keep going even when you think you’ve gone crazy? If so, I can promise you this: You are going to make it! You will! Why? Because your reality is created from the inside out! Your thoughts, beliefs, and emotions are creating your future, so USE that to your advantage! Be your biggest advocate, not your biggest critic! Be your biggest believer, not your biggest doubter! Be fully on your side and in your lane and YOU WILL MAKE IT. This is why I created Unfuckwithable. To provide YOU with the coaching support and content to help you take your power back and level up your life NOW. No more waiting. No more delaying. No more dawdling. No more playing. Rather, Going all out. Being fully you. Sharing your truth. Living fully expressed. And letting yourself be loved, supported, celebrated AND compensated in return. Life gets really beautiful when you believe in yourself, put support in place, and keep motherfucking going UNTIL YOU MAKE IT. Do not quit. Because you’re not a quitter. You’re a winner and winners win.❤️❤️❤️ Click the link in my bio to learn more about Unfuckwithable – we start next week!!!🔥🔥🔥 📸: @davekelleyphotography

Uma publicação compartilhada por Nikole Mitchell (@mitchellnikole) em


Chorei porque nunca me senti mais santa e sagrada em minha vida”, ela relembrou sobre a filmagem. “Nunca me senti mais sexy e livre do que antes.”

Emocionada com sua nova vocação como stripper e modelo erótica, Mitchell lançou uma conta no OnlyFans onde posta seus trabalhos.

Mitchell se mudou para Los Angeles em agosto de 2019 e se divorciou do marido em junho, mas hoje, Mitchell está mais feliz do que nunca.

“Cada pessoa tem o direito de se expressar da maneira que for melhor para ela e é assim que isso é bom para mim”, disse ela.

E embora seus dias de pregação possam ter ficado para trás, despir-se, para Mitchell , é igualmente sagrado.

“Minha sexualidade é incrivelmente curativa e sagrada”, disse ela. “E quando eu dou este presente às pessoas, isso as abençoa.”

“Eu comecei muito devagar postando apenas fotos de topless, mas agora estou no ponto em que levo pedidos pessoais e faço vídeos sob medida para os desejos específicos das pessoas”, disse Mitchell, que também trabalha como coach de vida e oferece cursos como “How to Unf – – k Yourself” sobre como ser você mesmo.

Fonte: https://nypost.com/2020/09/23/this-bisexual-pastor-turned-stripper-has-never-been-happier/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.