Categorias
Dicas para sexo Notícias Sexo

Quase a metade das acompanhantes gosta de sexo anal

Sexo anal é prazeroso? Todos deveriam experimentar?

Tem muita literatura ao respeito do sexo anal. A bíblia não restringe e nem prescreve formas de  práticas sexual entre pessoas (casadas). Será que as mulheres apenas têm medo porque nunca fizeram ou o parceiro não foi cuidadoso, mas que se fizerem direito, vão adorar?

Para saber se o sexo anal é prazeroso, perguntamos para nossas #GarotasPimenta

Você gosta de sexo anal?

Numa enquete realizada entre os dias 6 e 18 de setembro entre uma seleção de nossas anunciantes acompanhantes, perguntamos quais eram suas preferências ao respeito do sexo anal.

46% das acompanhantes disseram gostar de sexo anal e indicaram que quando é contratada como acompanhante, está incluso no cachê cobrado ao cliente.

Quase um quarto das nossas participantes na enquete, os 23%, afirmou que depende do cliente. A confiança com o cliente, se for um cliente habitual ou não, assim como o tamanho do seu pinto, a experiência em fazer o ato, podem ser alguns dos motivos.

Os 20% das #GarotasPimenta declaram que não gostam de sexo anal, mas que no caso do cliente solicitar tem um cachê extra para isso, e mais de 8% das acompanhantes do Pimenta afirmaram não gostar de sexo anal e não praticam com os clientes, mesmo pagando.

Pode-se concluir que o sexo anal é uma questão de gosto. Tem gente que gosta e tem gente que não gosta.

Serviços de sexo com ou sem anal?

Muitas de nossas acompanhantes, com experiência oferecendo serviços de sexo, declaram explicitamente nos seus anúncios que não fazem sexo anal. Vitória, acompanhante em Natal, faz questão de explicitar isso no seu anúncio: “Vitória tenho local próprio climatizado não faço anal“. Já outras acompanhantes como a Brunna, acompanhante em Serra, declara no seu anúncio prestar um serviço de sexo anal inesquecível >> Brunna Branquinha Anal inesquecível

Para uma acompanhante, o sexo anal pode ser um reclame. Sexo anal, chuva dourada, fetiches e fantasias de todos os tipos ajudam a conseguir clientes que querem satisfazer seus desejos.

Brunna Branquinha Anal inesquecível

Sexo anal provoca câncer de colon?

NÃO.  Não há essa correlação com câncer. Para desmistificar questões relativas ao anus, o médico Eurípedes Barsanulfo tem um perfil no Instagram >>  Papo de Reto  e acaba de lançar o livro >> Papo de Reto – Tudo o Que Você Queria Saber Sobre Seu Ânus, Mas Tinha Vergonha de Perguntar.

Por Pimenta.Club

Toda a informação sobre sexo: produtos sensuais, relatos eróticos, dicas de sexo e relacionamentos no Pimenta.Club.
Garotos e garotas de programa no Pimenta, @s melhores acompanhantes do Brasil.

Ver arquivo

Uma resposta em “Quase a metade das acompanhantes gosta de sexo anal”

Sou casadinha carente , fui iniciada bem novinha no sexo com pouco mais dos meus 14 anos pois eu já tinha um corpo de mulher adulta , pelo marido da minha professora de colégio ele na época muito lindo e sedutor , também ele é super dotado com um lindo mastro nas medidas no porte 25 cm , grosso demais e super cabeçudo , foi acontecendo aos poucos por vez ele tirou a minha virgindade Anal com muita calma e com carinho isso levou quase dois mês , Já a minha virgindade da minha inocente perseguida já foi muito mais Fácil somente uma semana , fui amante dele por três anos e ele me ensinou muitas coisas deliciosas no sexos , Depois até antes de me casar tive mais três amantes também casados , e tive a sorte deles serem super dotados com dimensões dos seus cacetes sempre acimas dos 23 cm no porte e super grossos , Hoje tenho 29 anos corpo bem cuidados e sempre sou elogiadas , gosto de fazer amizades junto com o meu maridinho , ele me da aval pra mim ter uma boa amizade honesta ou seja pra realizar um Poli Amor , Amo sexos Anal é a minha preferencias em primeiro lugar tenho orgasmos deliciosos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.